Blog

Impotência em diabéticos: Dicas e Tratamentos

Para que uma ereção aconteça, é preciso que uma série de funções do organismo estejam em bom funcionamento, como nervos, músculos, cérebro, neurônios, sistema circulatório e muito mais.

Seguindo essa lógica, quando algum desses fatores não vai bem, isso pode sim se refletir na qualidade das ereções e na diminuição do desempenho sexual masculino, levando ao que é chamado de disfunção erétil ou impotência.

Portanto, é fato que a diabetes pode sim levar um homem à impotência, visto que é uma condição que promove uma série de alterações vasculares que prejudicam a circulação.

Para entender um pouco melhor sobre essa questão, continue lendo e veja os detalhes.

Por que o diabetes causa impotência sexual?

Primeiramente é essencial lembrar que falhas eventuais não caracterizam impotência e todo homem pode ter dificuldade de desempenho de vez em quando, até mesmo por problemas emocionais.

Já a disfunção erétil é uma condição caracterizada pela incapacidade permanente de ter uma ereção que seja suficiente para o ato sexual.

Embora seja comum em homens de todas as idades, ela é mais frequente em homens mais velhos e se manifesta cerca de 5 a 10 anos depois do diagnóstico de diabetes.

A diabetes, por dia vez, é uma condição caracterizada pelo aumento dos níveis sanguíneos de açúcar, também chamada de hiperglicemia.

No princípio, essa alta costuma afetar pequenos vasos, bem como retina e rins. No entanto, com a sua evolução, pode afetar também os vasos de maior calibre, trazendo consequências mais graves.

Assim, com essa elevação nos níveis de açúcar no sangue, o paciente apresentará uma maior dificuldade na movimentação do mesmo nos vasos, pois ele fica mais viscoso.

Com isso, a circulação sanguínea diminui, especialmente nas extremidades do corpo, mas também em regiões com vasos menores.

Para que o pênis possa ficar ereto, ele precisa ser completamente preenchido de sangue, o que para um diabético é mais difícil, levando a apresentar problemas de ereção, a não ser que ele faça uso do motumbo que é um produto natural para melhorar a ereção.

Como evitar a impotência por diabetes?

O mais importante de tudo é estar com o diabetes controlado, ou seja, controlar os níveis glicêmicos.

No entanto, é preciso também mudar outros aspectos da vida, abandonando o sedentarismo, cuidando da pressão arterial, não fumar e controlar o consumo de álcool.

Com essas medidas de um estilo de vida mais saudável, é possível manter as doenças sob controle e também prevenir futuros problemas, garantindo uma qualidade de vida por mais tempo.

Pronto, agora você já sabe da relação entre diabetes e impotência sexual!

Dieta vegetariana para manter saudável e perder peso

Se você chegou até aqui e está lendo nossos conselhos sobre como perder peso de forma ética com um olho na sustentabilidade, existem duas possibilidades: ou você é verdadeiramente vegetariano e se concentra em uma dieta que exclui o consumo de carne e peixe, ou você tem realmente tente de tudo para perder alguns quilos e você quer perder peso rapidamente e ganhar saúde.

Sim, porque está comprovado cientificamente que a dieta vegetariana funciona duas vezes mais que aquelas dietas que basicamente incluem alimentos de origem animal e principalmente carne, e não dizemos isso, estabeleceu um estudo do  Comitê de Médicos pela Medicina Responsável.

O fundamental, porém, que nem todos dizem e que deveria ser amplamente divulgado, é que quem opta por uma alimentação à base de frutas, vegetais, leite e derivados – obviamente inserindo outros alimentos e suplementos protéicos no cardápio – não apenas melhora a funcionalidade do ‘corpo, removendo o espectro de algumas doenças como diabetes, mas também se diverte muito na preparação de substitutos de carne e peixe. Para começar, vamos definir de uma vez por todas o que significa ser vegetariano.

Comer vegetariano

A dieta vegetariana exclui principalmente todos os tipos de carne e, portanto, de porco, aves, ovelhas e gado, mas também caça e peixes.

A dieta inclui vegetais, frutas, soja, cereais, legumes, ovos, mel, além de leite, iogurte e qualquer tipo de queijo fresco ou maduro.

O que diferencia uma dieta vegetariana de uma vegana é que na primeira é permitido consumir laticínios, ovos e mel que são alimentos de origem animal, na segunda não há alimentos de origem animal.

Se você fizer o uso do emagrecedor fexadrol e ao mesmo tempo a dieta vegetariana, você terá uma perda de peso acelerada.

Vantagens e desvantagens da dieta vegetariana

Quem opta por uma alimentação pobre em gorduras animais e rica em antioxidantes, sais minerais e fibras, de alguma forma opta por um estilo de vida mais saudável, com baixíssimo risco de obesidade e consequentemente de adoecer com hipertensão e problemas cardiovasculares.

As frutas e vegetais, como sabemos, têm um efeito desintoxicante em todo o corpo, baixam os açúcares e o colesterol no sangue , melhoram o aspecto da pele, neutralizam a ação dos radicais livres, evitando o envelhecimento celular e protegendo o sistema imunológico.

Além disso, a eliminação de alimentos ricos em gorduras saturadas não só leva à rápida perda de peso, mas também reduz o colesterol e o fósforo na urina, melhorando definitivamente o humor.

Deixar de lado o aspecto ético e a satisfação de poder ingerir alimentos que não sejam necessariamente seres vivos, pelo contrário, decidir se alimentar de substitutos protéicos e boa quantidade de frutas e vegetais, pode causar distúrbios gastrointestinais acompanhados de inchaço e aerofagia e, em casos mais graves, desenvolvem doenças como a síndrome do intestino irritável.

Uma dieta pobre em ferro, mineral que participa do transporte de oxigênio no sangue, pode ter sérias contra-indicações. Porém, o ferro é encontrado em vegetais verdes, mas em doses mínimas, e por isso, se você pretende seguir uma dieta vegetariana ou mesmo vegana, é de fundamental importância compensar a deficiência de nutrientes essenciais ao nosso organismo com o consumo de suplementos contendo vitamina B-12, vitamina D, ferro e os famosos ômega 3 que geralmente são encontrados em peixes, especialmente salmão.

Cozinhando eticamente

Na lista de compras de um vegetariano, para uma alimentação correta e balanceada, não podem faltar verduras e frutas diversificadas, e depois massas, cereais, leguminosas, nozes, sementes de gergelim, bebidas vegetais e leite de soja, farinha de grão de bico, kamut, soletrado.

E mais cevada, milho, arroz integral e selvagem, milho, cuscuz, quinua, kasha, molho de soja, iogurte grego, cogumelos, cacau e chocolate amargo, tofu, todos os tipos de aromas e especiarias, de gengibre a manjericão fresco, a hortelã.

A escolha é certamente variada e interessante. Não se esqueça do nosso bom azeite de oliva extra virgem, amigo do coração, que mantém o colesterol ruim sob controle.

A despesa do vegetariano

Na culinária vegetariana, mas também vegana, não pode faltar o tahini, um creme básico de sementes de gergelim rico em vitamina B e cálcio ou creme de grão de bico, usado no preparo de homus.

Outra preparação que pode ser feita confortavelmente em casa, mas agora pode ser encontrada embalada a vácuo em todos os lugares, é o seitan, um alimento à base de trigo mole ou cereais como o kamut, altamente proteico e um excelente substituto da carne.

Com o seitan você pode preparar excelentes almôndegas para fazer com molho de carne e hambúrgueres clássicos. Devido ao alto teor de glúten, não pode ser consumido por celíacos.

Com um pouco de imaginação e boa destreza garantimos que é possível preparar deliciosos pratos com receitas fantásticas que vão conquistar até os carnívoros mais endurecidos, sublinhando talvez a escolha sustentável, sim, mas também econômica.

Com a dieta vegetariana você perde peso, fica em forma, vive melhor e sua carteira está sempre cheia. Ver é crer.

Dicas para reduzir a queda de cabelo na menopausa

Dentre os muitos desconfortos vindos juntos com a menopausa, sem dúvida, está o da queda excessiva dos cabelos. Por isso, resolvemos mostrar aqui algumas dicas para reduzir a queda de cabelo na menopausa.

Devido à alterações hormonais nessa fase da mulher, é comum surgirem alguns problemas, como a queda de cabelo, embora sua origem possa não necessariamente estar ligada à menopausa.

É bom lembrar que muitos fatores podem comprometer a saúde dos fios, e a diminuição dos níveis de hormônio feminino é só um deles.

Pesquisas relacionam a queda de cabelo à diminuição da produção de estrogênio e progesterona, hormônios que têm ligação direta tanto no processo de crescimento do cabelo como na sua queda.

Dicas para reduzir a queda de cabelo na menopausa

Dentre as soluções para o problema, o produto mascável gummy hair funciona muito bem juntamente shampoos específicos para esse fim e tratamentos com máscaras, como os mais populares. Porém, existem alguns cuidados básicos que podem ser de grande ajuda nessa fase da mulher, que vão ajudar não só a combater a queda como a resolver outras questões ligadas a beleza e saúde dos cabelos e da pele. Confira.

1. Estresse sob controle

Sem dúvida, o estresse pode acarretar em uma infinidade de problemas, dentre eles a queda. Por isso, principalmente, nessa fase, vale dar uma atenção especial ao seu bem-estar, evitando situações estressantes, que podem desencadear distúrbios hormonais. Sem falar que a redução de estrogênio costuma alterar a química do cérebro, trazendo oscilações de humor e causando ansiedade e depressão.

Portanto, a dica é procurar relaxar, investindo em hábitos de relaxamento, como ioga, exercícios respiratórios, terapias, entre outros.

2. Lentilha no cardápio

Embora muita gente não saiba, mas as lentilhas possuem muito ferro, um mineral que melhora a circulação e a oxigenação das células, garantindo um desenvolvimento saudável do folículo piloso.

3. Água para hidratar

O corpo precisa estar sempre hidratado, só assim manterá o cabelo hidratado e forte. Por isso, procure aumentar o consumo de água e de líquidos saudáveis. Na verdade, a água promove um bem para o organismo como um todo, por isso, procure consumir, ao menos, 8 copos por dia.

4. Massagens como aliadas

As massagens estimulam a circulação sanguínea no couro cabeludo, facilitando a oxigenação e a nutrição do folículo piloso, isso tudo além de ajudar a relaxar, combatendo os efeitos negativos do estresse.

5. Quanto mais natural, melhor

Como resultado das flutuações hormonais, o cabelo está enfraquecido, por isso, o quanto mais puder mantê-los em sua forma natural, melhor. Ou seja, se não puder evitar, ao menos, diminua ao máximo o uso de tinturas químicas, ferramentas térmicas, xampus agressivos e similares.

  • Vale considerar também:
  • Cortar as pontas dos cabelos, a cada 2 meses;
  • Usar shampoos e condicionadores feitos de ingredientes naturais;
  • Deixar o cabelo secar ao ar livre;
  • Procurar pentear os fios delicadamente, com a ajuda de uma escova de cerdas naturais.

No mais, para prevenir a queda de cabelo, procure manter uma dieta saudável, rica em ácidos graxos ômega 3, proteínas, antioxidantes, vitaminas e minerais, frutas, vegetais e carnes magras.

O que é uma babá eletrônica

Entre tantas coisas que preocupam os papais, com certeza a segurança com o seu bebê é uma delas.

Cuidar de um bebê requer estar sempre atentos e vigilante para ter certeza que está tudo bem. No entanto além de cuidar do bebê os pais tem seus afazeres, a rotina do dia, e não é possível ficar vinte e quatro horas observando o pequeno. Além de que os pais também precisam dormir não é mesmo?

Graças a tecnologia, os pais contam com uma grande ajuda nesta árdua tarefa de ficar de olho no bebê: a babá eletrônica. Você vai descobrir que esta simples invenção vai fazer muita diferença na sua vida.

A babá eletrônica é um aparelho bem simples que vai monitorar os sons e movimentos do bebê enquanto você não pode estar junto dele. São duas peças, uma fica com você e a outra perto do bebê. A parte que fica com o bebê transmite os sons que ele faz, dando a tranquilidade para você saber quando ele chora e atende-lo na hora.

Então você pode por exemplo deixar a criança no berço com um aparelho e fazer uma atividade, na cozinha por exemplo, com a outra parte. Desta forma qualquer som emitido pelo bebê, será captado pelo seu receptor. Assim como a imagem do bebê se seu aparelho dispuser deste recurso.

Quando for adquirir uma babá eletrônica, pesquise e pergunte sobre suas funções, alcance e eficiência. Você pode encontrar em algumas lojas e até mesmo com um revendedor polishop que podem te mostrar os modelos mais modernos.

Existem várias marcas e modelos. Alguns oferecem também a câmera que possibilita além de escutar, ter imagens do bebê. Alguns modelos tem alcance maior, outros menor. A maioria oferece alcance para dentro de casa, mas já existem marcas oferecendo um alcance bem maior.

A babá eletrônica é um recurso muito eficiente, prático e fácil de usar. Não requer nenhuma instalação especial para usa-la.

Com a evolução da tecnologia surgem sempre novidades nesta área. Alguns modelos mais recentes já estão oferecendo a possibilidade de conexão com a internet, onde você pode enviar as imagens e sons para o seu computador ou celular.

Imagina que tranquilidade você conseguir monitorar o seu bebê, recebendo imagens em tempo real.

Mas não esqueça, mesmo com toda esta tecnologia, que o bebê não deve ficar sozinho por muito tempo. Todo tempo que você tiver aproveite para ficar com ele.

Para saber mais sobre as babás eletrônicas assista o vídeo abaixo:

Melhores exercícios para fazer em casa e emagrecer

Está precisando fazer exercícios, ou para manter a saúde ou emagrecer, mas não suporta a ideia de ter que ir até uma academia se exercitar, saiba que é possível treinar sem sair de casa.

Portanto, se você não gosta, ou não pode, por um motivo ou outro, se matricular numa academia, saiba que é possível, sim, fazer exercícios em casa, atingindo ótimos resultados.

E uma outra ótima opção para emagrecer de maneira mais rápida e fazer esses exercícios juntamente com algum produto natural que ajuda na perda de peso, e o detona gordura é um suplemento emagrecedor natural que pode ser usado por qualquer pessoa, e ele funciona muito bem.

E é exatamente isso que mostraremos agora, alguns exercícios para fazer em casa. Prepare o fôlego e… confira:

  1. Abdominais

Quem quer ficar com a barriga definida, sequinha, não pode deixar de fora os abdominais, que podem ser praticados em qualquer lugar.

Mas, atenção: só execute exercícios abdominais de forma segura. Nada de se arriscar com exercícios malucos, ficar de cabeça pra baixo, podendo provocar acidentes.

Fique atento ao número de repetições, que deve ser em maior quantidade, pois o abdômen,  diferente dos demais músculos, vive em constante ativação, devido a flexão e rotação do tronco.

Por isso, é preciso fazer as repetições até fadiga do músculo, ou seja, até não aguentar mais.

Assim, faça três séries diariamente (com muitas repetições).

  1. Polichinelo

O polichinelo é um exercício muito conhecido, muito usado nas aulas de educação física da escola e em treinamentos militares. Além de ajudar na queima de calorias, podendo chegar a 100, ao se realizarem 500 polichinelos, esse exercício trabalha o corpo como um todo.

Embora possa ser feito em qualquer momento, é mais usado em aquecimentos, fornecendo um estímulo para treinos melhor realizados.

  1. Pular corda

Se as pessoas soubessem dos benefícios jamais iriam querer parar de pular corda, na verdade, é a atividade física perfeita para quem quer emagrecer rápido.
Dentre seus benefícios podemos destacar a melhora da circulação dos membros inferiores e da região pélviva, ativação do abdômen, liberação de hormônios que trazem a sensação de disposição e bem estar…

Quem está começando, não precisa se preocupar em pular corda rápido como um soldado Americano, pode pegar mais leve e ir aumentando a intensidade dos giros até alcançar os resultados esperados.

  1. Flexão de braço

Um dos melhores exercícios sem pesos para ganhar força e massa muscular na porção superior do corpo, a flexão de braços pode ser feita em qualquer lugar sem necessidade de nenhum equipamento extra.

O exercício trabalha a parte superior do corpo além de fortalecer a lombar e core.

Porém, não basta fazer um número aleatório de flexões diariamente e esperar que o melhor aconteça, é preciso, primeiro, saber quantas consegue fazer tranquilamente e, a partir disso, realizar uma flexão a mais a cada dia.

  1. Agachamento

Sem dúvidas o agachamento é um dos mais completos e certeiros exercícios e que, também, pode ser executado em qualquer lugar.

O agachamento é um exercício de fortalecimento dos músculos das coxas, quadris, glúteos, bem como ossos, tendões e ligamentos. Por isso, deixa as coxas e o bumbum durinho.

O movimento consiste na flexão e na extensão dos joelhos e quadril, como se fosse realizar o movimento de sentar e levantar, partindo de uma posição vertical do corpo.

Iniciantes podem começar com a ajuda de uma cadeira, como se sentasse e se levantasse, até conseguir fazer sem ela. E os mais avançados que estiverem achando a carga leve, podem segurar pesos, tomando o cuidado para não sobrecarregar a coluna ou articulação.

Controlar as Emoções Para Evitar Disfunção Erétil

Na sexta-feira passada, 6 de abril, nossos colegas do Men Wellness publicaram um artigo intitulado Cinco hábitos saudáveis ​​para evitar a impotência. Ele listou alguns aspectos de nossas vidas aos quais devemos prestar atenção, se quisermos evitar futuras disfunções sexuais em potencial (problemas de ereção, por exemplo), quantos anos temos. Entre eles, o primeiro ponto mencionado mencionou um interesse especial em nós: cuide da sua mente .

E, embora o estresse, o ciúme e a raiva sejam culpados de muitos de nossos males, ainda há muitas pessoas que não prestam muita atenção ou se importam em gerenciar suas emoções.

Uma das principais causas da disfunção erétil é psicológica e, se quisermos evitá-la, devemos nos preocupar a partir de hoje para  cuidar de nossa saúde mental . Como Observando o nível de estresse que estamos sujeitos diariamente ou aprendendo a gerenciar emoções (…)

Para continuar aprofundando essa questão, contatamos Mar Argüello Arbe, psicólogo e psicoterapeuta . Ela nos ajudará e nos guiará nesta tarefa complexa, como gerenciamento de emoções.

Mas se por acaso o seu problema não for psicológico e precisar de algum produto, o v8 big size funciona para melhorar a disfunção erétil e melhorar o desempenho sexual.

POR QUE VOCÊ DEVE APRENDER A GERENCIAR SUAS EMOÇÕES?

Por mais estranho que possa parecer para nós e dentro do espectro emocional humano, de acordo com o especialista, estados negativos, como o estresse, acabam sendo elementos necessários em nosso dia a dia. Em suas próprias palavras, eles nos preparam para enfrentar uma ampla variedade de situações; se não houver um certo nível de estresse, nosso cérebro não sentirá necessidade de pedir uma ação consistente com o que estamos vivendo .

Portanto, e embora possa parecer para nós que há muitas coisas que estão além do nosso controle, está em nossas mãos lidar melhor ou pior com as situações e os momentos que encontramos.

CHAVES PARA MELHORAR O GERENCIAMENTO DE SUAS EMOÇÕES

1- ENTENDA QUE ALGUMAS COISAS ESTÃO SOB SEU CONTROLE E OUTRAS NÃO

Somente depois de enfrentar essa regra essencial e ter aprendido a distinguir entre o que podemos controlar e o que não podemos é que a tranquilidade interna e a eficácia externa serão possíveis , explica Mar Argüello;  Sob nosso controle estão nossos desejos, opiniões ou aspirações, etc. Longe de nosso controle, por exemplo, está a maneira como os outros nos veem, o tipo de corpo que temos ou a temperatura que ele faz hoje. Tentar controlar ou mudar o que não podemos, resulta em angústia.

2- AS SITUAÇÕES NÃO NOS PREJUDICAM, MAS NOSSA VISÃO DELAS PODE NOS FAZER

Livre-se de si mesmo. De acordo com o psicólogo, l como coisas em si não nos machucar, não nos atrapalhar. Nem as outras pessoas. A maneira como vemos as coisas é outra questão. São nossas atitudes e reações que nos causam problemas. Quanto mais examinamos nossas atitudes e trabalhamos em nós mesmos, menos suscetíveis devemos ser varridos por reações emocionais tempestuosas.

3- ACEITE OS EVENTOS

Se passarmos nossas vidas esperando que as coisas aconteçam como queremos, provavelmente passaremos nossas vidas sofrendo. Portanto, a recomendação do profissional é tão simples quanto esta:

Não exija que os eventos aconteçam como você deseja. Aceite-os como são.

4- NEM “ABSOLUTO” NEM “VOCÊ DEVERIA”

“Tudo dá errado”, “nada corre bem”, “isso não deve ser assim”, etc. Isso soa para você

Quando estamos vulneráveis, estamos cheios de demandas e  somos esmagados por esse tipo de diálogo. É então que devemos parar e perceber que são conversas internas improdutivas , que nos cegam e nos conectam com nossa parte mais irracional.

Por que não tentar mudar seu diálogo interno como nesses exemplos?

D ebería ser como → E Staria bem além disso.

Nada direito → E fato concreto ste não tem corrido bem .

5- RESPIRE

Estamos cientes de que, apesar dessas dicas, momentos de estresse chegarão e você provavelmente ficará sobrecarregado em mais de uma situação no trabalho, em casa, com seu parceiro etc. Nesses casos, o psicólogo Mar Argüello recomenda prestar atenção especial à maneira como respiramos naquele momento preciso:  assim, quando você conhece sua respiração, pode tentar aprofundar suas inspirações e exalações para ajudá-lo a recuperar a tranquilidade.

O que você está esperando para implementar essas dicas? Incorpore esses bons hábitos mentais em sua vida diária e garanta uma mente saudável e ativa e uma vida sexual satisfatória para toda a vida.

JÁ ESTOU COM PROBLEMAS DE EREÇÃO, O QUE POSSO FAZER?

Uma técnica amplamente usada no gerenciamento dessa disfunção sexual é conhecida como respiração e visualização . Ou o que é o mesmo: SE VOCÊ QUER, PODE.

Em vez de focar em uma possibilidade negativa, imaginando que você terá um problema de ereção no momento menos indicado, respire fundo, com constância, e visualize o sucesso. Essa técnica funciona porque, de acordo com numerosos estudos, o cérebro reconhece como real a imagem que oferecemos se a fizermos com a intensidade necessária . Ou seja, se você pensa que conseguirá, aumentará suas chances: seu  cérebro viverá esse pensamento como se estivesse realmente acontecendo .

Por outro lado, há alguns casos em que, por mais que nos esforcemos para ter uma atitude positiva e por cuidar de nossa saúde mental, os problemas de ereção continuam aparecendo repetidamente. Isso acontece quando a disfunção sexual não é pontual ou devida a qualquer problema psicológico, mas a um distúrbio físico .

Algumas causas podem ser:

  • Hipertensão arterial
  • Desequilíbrio hormonal
  • Doença renal
  • Distúrbios neuronais
  • Hiperplasia
  • Diabetes
  • Colesterol alto

Como você pode ver, um problema sério pode se ocultar por trás de um problema de ereção ; portanto, nossa recomendação é que, se você já descartou as causas psicológicas, coloque-se o mais rápido possível nas mãos de um especialista .

Dicas para acelerar o metabolismo e perder peso

Os anúncios estavam certos: a vida não é feita para contar calorias. Não, pelo menos, quando você quer perder peso . E, como explicado pelos nutricionistas , a relação entre as calorias que gastamos e as que ingerimos não é suficiente para chegar a uma conclusão sobre os quilos que ganhamos ou perdemos. Ou seja, a teoria do equilíbrio energético e “coma menos e se mova mais” pode não ser tão verdadeira quanto parece.”

Algo tão complexo quanto a fisiologia de cada indivíduo não pode ser simplificado apenas com base nesse princípio. Além disso , as dietas hipocalóricas que seguem essa regra não fornecem uma perda de peso mantida ao longo do tempo”, explica o especialista. Sobre isso, ele esclarece que, ao reduzir as calorias sem levar em consideração sua qualidade ou origem, outros mecanismos biológicos, ambientais ou comportamentais são excluídos, promovendo seu inevitável fracasso.

Sua maior desvantagem é o temido efeito rebote , no qual nosso corpo, diante de uma dieta restritiva, retarda o metabolismo para reduzir nosso consumo de energia, ou seja, é colocado em ‘modo de economia’, favorecendo o armazenamento de gordura por retomar nossa dieta habitual.

Dica: Para acelerar o metabolismo mais rapidamente, tome Cuperine 2 vezes ao dia.

Portanto, embora para perder peso, você tenha que ingerir menos calorias do que precisamos, se cuidarmos da origem e da qualidade dos alimentos, faremos isso com mais eficiência.

Especialmente porque evitaremos alterar, entre outras coisas, o sentimento de fome e saciedade, o principal culpado pela falta de adesão. O corpo não responde igualmente a alguns biscoitos industriais (mesmo que sem açúcar) e a um punhado de nozes.

Enquanto os primeiros fazem parte do grupo de alimentos processados, gerando picos de insulina e terminando, novamente, querendo comer, as nozes fornecem gorduras saudáveis ​​e um alto poder de saciedade, tornando o caminho mais suportável. Portanto, embora excedam os cookies em sua ingestão calórica, eles nos abordam com mais eficiência em relação ao nosso objetivo.

Dieta reversa é a solução para o efeito rebote. Depois que o peso desejado foi perdido ou a pessoa estagnou e não pode mover um número na balança, é hora de começar a dieta reversa. Como Aumentando as calorias progressivamente até voltarmos ao que comemos antes de iniciar a dieta.

Dessa maneira, damos tempo ao metabolismo para recuperar seu ritmo normal. “Nosso principal regulador de energia é o hipotálamo, uma glândula envolvida na liberação de hormônios leptina e tireóide, os principais agentes que controlam o metabolismo, a queima de gordura e o apetite. Portanto, devemos entender que escolher bem Os alimentos que farão parte do cardápio serão decisivos para o nosso sistema hormonal, bem como como ajustar as quantidades.

Aqui estão algumas dicas práticas para perder peso sem passar fome:

Controle leptina: Quando uma dieta hipocalórica é mantida por muito tempo, os níveis desse hormônio caem, aumentando o apetite e diminuindo o metabolismo. “Inclui um dia rico em carboidratos. Isso ajudará a aumentar os níveis de leptina e evitar o efeito rebote no final da dieta”, aconselha o nutricionista.

Coma alimentos ricos em proteínas e fibras: Qualquer plano de refeição que crie fome gera rejeição. Portanto, Henarejos recomenda a introdução de alimentos que ajudem a reduzi-lo, como carnes, legumes ou frutas inteiras.

Reduzir alimentos processados: Estes, juntamente com cereais refinados, reduzem a sensibilidade à leptina no cérebro, causando desequilíbrios hormonais. “Comer açúcar nos faz querer tomá-los novamente, e você entra em um ciclo que acaba ficando acima do peso”, diz ele.

Coma menos vezes ao dia: Dietas com refeições a cada poucas horas geralmente têm um efeito oposto ao que elas perseguem. Elas constantemente geram picos de insulina. De fato, há uma base científica que sustenta que fazer cinco refeições por dia é mais eficaz do que duas ou três.

Descubra quais são os graus de calvície?

Antes de falarmos sobre os graus da calvície, precisamos esclarecer que a queda de cabelos é considerada normal, pois os fios passam por um ciclo de nascimento, crescimento e morte.

Passa a ser considerada doença quando esta queda se torna acentuada. Você vai poder observar isto na sua escova de cabelo, no seu travesseiro, nas roupas e etc.

Quando a quantidade é maior que a habitual você deve procurar um médico especialista que pode confirmar o diagnóstico.

Um especialista em queda de cabelos (Dr. James Hamilton), conseguiu determinar os graus de calvície e os classificou em sete níveis que ajudarão o paciente na escolha do tratamento cirúrgico ou clínico.

  • Primeiro grau

É uma fase quase imperceptível. Apesar de já se enquadrar no diagnóstico de calvície, nesta fase a queda é pouco acentuada e se dá nas entradas superiores da testa sem marcar a baixa do volume capilar. Este nível é bem comum entre os homens na faixa etária de 40 anos.

  • Segundo grau

Nesta fase a perda dos cabelos é um pouco mais acentuada em relação a fase anterior. Ainda se localiza somente na região da testa e não afeta as outras áreas do couro cabeludo. É uma fase considerada ainda inicial e pode ser realizado tratamento preventivo para que a situação não se agrave.

  • Terceiro grau

Nesta fase as “entradas” da testa começam a ficar acentuadas e já se percebe a redução dos fios que se estendem para a parte superior da cabeça. Neste caso a calvície já começa a se agravar e o tratamento indicado geralmente é o implante.

  • Quarto grau

Nesta fase a queda de cabelos já atinge a coroa (parte superior da cabeça) e suas falhas se tornam impossíveis de não serem notadas. Nesta fase você já estará com título de “careca”. Nesta fase, geralmente, o tratamento indicado também é o implante ou você também pode fazer alguns tipos de tratamentos para calvície que funciona muito bem também.

  • Quinto grau

Nesta fase ocorre a junção da área da coroa (parte superior da cabeça) com as “entradas” da testa. A calvície é uma doença capilar que atua sempre de modo progressivo.

  • Sexto grau

Nesta fase a falta de cabelos já predominou toda a coroa e as estradas restando poucos fios nas áreas laterais. Esta fase é o último estágio para realizar um transplante capilar que deve ser dividido em duas etapas.

  • Sétimo grau

É a última fase, quando a calvície afeta toda a área da coroa e da testa.  Neste caso o implante não é indicado pois as áreas “doadoras” (que são as laterais), são menores que a área receptora. Saiba mais detalhes no vídeo abaixo:

Truques para não acordar a noite pra urinar

Você dorme profundamente quando acorda de repente, com a necessidade predominante de urinar .

Então você rasteja até o banheiro para fazer suas coisas antes de voltar para a cama. Se tiver sorte, você adormecerá novamente até o alarme tocar. Mas, se não, você passará seu tempo na cama ou voltará a dormir apenas para acordar um pouco mais tarde e voltar ao banheiro para esvaziar a bexiga.

“É irritante acordar à noite para urinar ” , diz o médico Daniel Shoskes, urologista da Clínica Cleveland. Não apenas afeta diretamente seu descanso, mas também pode estar indicando algo mais sério.

O termo médico para urinar excessivamente à noite é noctúria. Em geral, é definida como a necessidade constante de acordar para urinar uma ou mais vezes durante a noite.

Há duas razões básicas pelas quais você acorda à noite para urinar : a primeira é que você está produzindo muita urina. Se for esse o caso, você geralmente urina uma carga completa toda vez que vai, diz o Dr. Shoskes. Isso pode ocorrer porque você bebe muito líquido, efeitos colaterais dos medicamentos ou mesmo condições graves, como insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou hepática.

A segunda razão para urinar é que a bexiga simplesmente pensa que precisa ir embora, mesmo que não esteja cheia. Nesse caso, você estaria urinando uma carga menor. Isso pode ser porque algo está irritando sua bexiga, como inflamação causada por uma infecção ou aumento da próstata, acrescenta ele, em casos assim, RenovaProst é uma solução perfeita que pode resolver o problema rapidamente.

Somente seu médico pode saber ao certo o que está causando sua noctúria. Portanto, se você estiver preocupado com todas as visitas que você faz ao banheiro durante a noite, marque uma consulta para verificar se algo está errado com seus tubos. Além disso, aqui estão algumas coisas que você pode tentar parar de acordar para urinar .

1: LIMITAR O CONSUMO DE LÍQUIDO ANTES DE DORMIR

O prazo para beber líquidos deve ser de duas horas antes de ir para a cama. Isso deve dar aos líquidos tempo suficiente para serem processados ​​pelo corpo e passar pela bexiga, para que você ainda urine e não precise alterar o descanso.

2: EVITANDO CAFEÍNA E ÁLCOOL

A cafeína irrita a bexiga e faz com que você urine com mais frequência. Além disso, se você o beber imediatamente antes de ir para a cama, também poderá complicar seu sono.

Além disso, quando se trata de manter a bexiga funcionando corretamente, o álcool não é seu amigo. Quando você bebe álcool, suprime o nível de hormônio antidiurético (ADH) em seu corpo, o que impede a produção de urina. Como resultado, você faz uma quantidade maior de xixi.

Essa supressão do ADH pode continuar da noite para o dia, o que significa que você produzirá mais urina do que o normal quando estiver dormindo. Como resultado, você sentirá a necessidade de urinar .

3: AGENDE SUAS MEDICAÇÕES

“Se você toma um diurético, tente tomá-lo pela manhã em vez de antes de ir para a cama” , os diuréticos incluem medicamentos para tratar a pressão alta. Isso ajuda seus rins a eliminar sódio e água do seu corpo, diminuindo o volume de sangue para que seu coração não trabalhe tanto para bombear.

Tomar de manhã é melhor, eles continuarão a fazer você urinar mais, mas pelo menos você não precisará acordar para fazer isso.

Outros medicamentos que podem causar a necessidade de urinar durante a noite incluem alguns antidepressivos (como lítio), anestésicos, analgésicos clínicos e antibióticos.

4 : coma menos sal

Um estudo de 2017 descobriu que a redução da ingestão de sal ajudou os participantes a parar de acordar no meio da noite para urinar . De fato, aqueles que reduziram a ingestão de sódio de 10,7 gramas para 8 gramas por dia acordaram em média, menos uma vez por noite.

Eles também experimentaram melhorias em sua qualidade de vida em geral, provavelmente porque seu sono era menos fragmentado, ajudando-os a se sentirem mais frescos.

Dicas Para se Livrar da Depressão

Definida como “a doença do século “, a depressão é uma condição muito frequente que se tornou parte da linguagem comum, correta ou incorretamente, veremos mais adiante.

A depressão é uma doença do humor, que é a função psíquica que acompanha a adaptação ao nosso mundo psicológico e externo: o tom é alto quando estamos em condições agradáveis, diminui quando vivemos em situações desagradáveis.

Difusão da perturbação

Os dados do ISTAT  informam que “a depressão é o transtorno mental mais difundido : estima-se que na Itália exceda 2,8 milhões (5,4% das pessoas com 15 anos ou mais) dos que sofreram durante 2015 e são 1. , 3 milhões (2,5%) daqueles que apresentaram sintomas de depressão maior nas duas semanas anteriores à entrevista. 

Os dados mostram novamente que a média europeia em comparação com a média italiana é ainda mais alta (1,7% em comparação com 5,2% na UE28)

Como mencionado um pouco acima da frequência com que ouvimos ou dizemos frases como ” Hoje estou deprimido ” ou ” Vamos lá, não fique deprimido. “, São ao mesmo tempo indicativos e enganosos.

A incidência dessa condição não deve, de fato, ser confundida com a tristeza ou apatia normal que às vezes pode ser sentida, tanto na ausência de estímulos externos quanto na presença de certos eventos da vida. Vamos dar um exemplo:

Tristeza e depressão

Ficar triste, com um sentimento de vazio e perda em face de uma demissão, o fim de um relacionamento ou uma perda é saudável.
O papel e o valor dessas emoções é permitir-nos processar o evento: em outras palavras, é uma resposta evolutiva do nosso sistema.
Uma resposta dolorosa, é claro, mas isso não deve ser confundido com a condição de depressão.

Para discriminar entre uma tristeza “saudável” e uma situação depressiva, é importante notar o comprometimento intenso e duradouro do funcionamento social normal da pessoa: da retirada à impossibilidade de executar algumas funções que antes eram realizadas diariamente até a sucidio (ou tenta).

Muitas pessoas que sofre de depressão está fazendo uso do captril que é um suplemento natural que combate depressão e ansiedade, porém é bom sempre consultar um especialista antes de tudo para entender em que condição você se encontra é fundamental .

 


Quais são os sintomas?

” Minhas forças criativas foram reduzidas a uma preguiça inquieta. Não tenho fantasia, não sinto nada pela natureza, e a leitura se tornou repulsiva para mim. Quando somos roubados de nós mesmos, somos roubados de tudo! Johann Wolfgang Goethe

A depressão se manifesta através de vários sintomas, que podem ser resumidos em três áreas principais: sintomas somáticos, sintomas emocionais, sintomas comportamentais:

Sintomas somáticos

– perda de energia
– sensação de fadiga
– distúrbios de concentração e memória
– agitação e nervosismo motor
– perda ou ganho de peso
– distúrbios do sono (insônia ou hipersonia)
– falta de desejo sexual
– dor física
– sensação de náusea.

Sintomas emocionais

– tristeza
– angústia
– desespero
– culpa
– vazio
– desesperança no futuro
– perda de interesse em qualquer atividade
– irritabilidade e ansiedade.

Sintomas comportamentais

– redução das atividades diárias
– prevenção de pessoas e isolamento social
– comportamento passivo
– redução da atividade sexual
– tentativas de suicídio.

Além dessa lista de sintomas, provavelmente é ainda mais útil ver este pequeno vídeo divulgado pela Organização Mundial da Saúde para entender como é e como é possível “enganar” e superar o que é chamado metaforicamente de ” cachorro preto “.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo: